sábado, 12 de outubro de 2013

10 Curiosidades que você precisa saber do Renato Russo



1-Renato Russo sofria de epifisiólise, uma rara doença óssea que causa a morte do tecido protetor da cabeça, do fêmur. O músico descobriu do problema quando tinha quinze anos e precisou passar por procedimentos cirúrgicos. Renato teve que passar seis meses em repouso absoluto, isso fez com que ele aproveita-se seu tempo para escutar várias músicas. O período de recuperação acabou o ajudando em sua formação musical.

2-Na década de 80, Renato Russo era professor de inglês e fazia jornalismo. Chegou a trabalhar como repórter em um programa de rádio “Jonal Da Feira”, do Ministério da Agricultura porém, Renato abandonou o futuro como jornalista para dedicar sua carreira musical.

3-A primeira banda de Renato Manfredini foi o Aborto Elétrico, foi fundada em 1978, O grupo era formado inicialmente por André Pretorius na guitarra, Renato no baixo e Felipe Lemos na bateria.

4-O Aborto Elétrico durou quatro anos, após o fim da banda, Felipe fundou o Capital Inicial e Renato passou a integrar na banda da Legião Urbana.

5-Renato Russo se envolveu com o norte-americano Scott Hickmon, portador de HIV. O músico o conheceu em uma boate em Nova York em 1989. Em 1990, os dois vieram para o Brasil e viveram por três anos juntos. Muitos afirmam que Renato contraiu a doença de Scott.

6-Renato Russo tentou suicídio para chamar atenção do namorado que se chamava Lui.

7-Renato Russo tentou novamente se suicidar no banheiro de sua casa após descobrir que era portador de AIDS.

8-Dizem que Renato Russo escreveu a música Índios após ter cortado os pulsos em uma tentativa de suicídio; “....eu quis o perigo e até sangrei sozinho....”

9-Depois de um show conturbado em Brasília que teve brigas, quebra-quebra e dezenas de feridos, colocaram frases nos muros da cidade “Legião, não volte mais!”. Renato Russo prometeu que nunca mais faria um show em Brasília e foi assim que aconteceu.

10-Renato Russo entrou em depressão profunda no seu último mês de vida, ele praticamente não comia, só bebia água de côco e desistiu de tomar o remédio AZT, que combatia o HIV.